segunda-feira, 17 de abril de 2017

LATÊNCIA



regue teu jardim 
sem esperar pela primavera
regue a semente que dorme
mesmo sem saber se vai florir 
não espere somente as cores
bendiga também a hera
com suas amarras
e esperança escondida nas larvas
que se enroscam na sua alma
e que trarão as borboletas
e os amores 
para os teus silos e celeiros.

Lécia Freitas


Nenhum comentário:

Postar um comentário