quarta-feira, 30 de maio de 2018


As palavras existem para nomear seres, coisas, estados...elas têm muita força. E depois de pronunciadas viajam pelo tempo e espaço. Não se apagam nunca mais. Portanto, não diga que a vida está ruim, que o mundo está mau. Não propague o negativismo. Não ative o pessimismo do outro. Tenha fé em sim mesmo e na sua capacidade de melhorar a própria história. Pense que se não foi possível ainda realizar os seus sonhos, você tem um mundo ao seu dispor. Você tem a si mesmo e você é um universo. 

Lecia Freitas




Enquanto estiver com o remo, poderá escolher o rumo!

Lécia Freitas




É prática esperar a chuva passar, o tempo secar para se proceder a capina. Com isso o mato cresce, o capim afia as beiradas, o espinho benzinho solta os frutos na terra, o -de porco vira arbusto e tudo fica mais dificultoso. E na hora da lida, o sol, de depois da chuva bendita, vai lhe derramar o suor. E não adianta olhar pro céu e pedir um refrigério. Ele já existiu enquanto caía a chuva fina. Assim são as questões da vida: não espere o problema se avolumar para tentar-lhe solução. Não o observe apenas alimentando-o com o tempo que passa, indiferente. Livros de auto-ajuda e receitas milagrosas não resolvem o que cabe apenas à sua determinação e ao seu cuidado. Avia, e arranque o seu espinho pela raiz, tão logo ele surja. Não há questão que se lhe apresente, que não possa ter com ela. E tudo, tudo, trabalha para o seu crescimento.

Lecia Freitas



Nao vale a pena ficar resmungando, chorando enquanto a vida passa. 
Nada como um dia depois do outro. Que venham os dias lindos! E me encontre tão menina, entre cheiro de magnólias!

Lecia Freitas




Sobre o menino de 12 anos que ensinou a mãe a ler e escrever, eu digo que o sentimento maior que reinou ali foi o amor. Ele viu a mãe triste, sentindo-se menor por nao saber assinar o nome. E se propôs a uma empreitada tão difícil. É um alento, meio a tanto ódio entre os brasileiros, perceber um sentimento tao forte. A gente sabe de criancas até menores que se encontram perdidas num mundo tenebroso. E que muitos sugerem matar para resolver o problema. O que é preciso para essas criancas e para o mundo todo é o amor. Estamos todos precisados de amor. Parabéns ao Damião e à sua mãezinha!

Lécia Freitas



Gosto dessas manhãs de maio, que trazem um friozinho e faz todos permanecerem em suas casas. Há um silêncio doce que os pardais não se importam de atravessar. De vez em quando algum teco-teco, aqui do São Cristóvão, também me invade. Mas só aumenta minha vontade de viajar. De ir para longe , onde ainda existam riachinhos cheios de vapor e flores milagreiras. Onde se possa sentir o cheiro real de mixiricas que alguém traz aconchegado no avental em pontas, num convite para ser absurdamente feliz.
Lecia Freitas



A lua hoje atravessou meu céu. Iluminou meu quintal. Trouxe a manhã em canto inesperado do galo, pensando fossem horas. Em seu brilho o frio da solidao tão a mais! Causa desse cheiro que permanece no ar desde que se foi e me fere as narinas, e me fere a alma. Cheiro triste, de ausência.
Lecia Freitas